terça-feira, 15 de setembro de 2015

Tutorial - Esqueleto para stop motion

E ai pessoas! Blz?

Sempre recebo perguntas sobre como fiz os esqueletos de stop motion (projeto 2). Então resolvi postar um tutorial explicando como fiz o esqueleto do início ao fim. Está bem completo e peço encarecidamente que, caso repasse ou compartilhe as informações abaixo que me dê o devido crédito, citando meu nome ou meu blog. Afinal, gastei muito tempo pesquisando e juntando informações para fazer os esqueletos, e gastei mais tempo para fazer este tutorial. Então nada mais justo que citar a fonte certo? :) 



Sem mais delongas, vamos ao tutorial!

Passo 01 – Planeje seu personagem

Defina o que você quer fazer. Defina o personagem e como ele vai ser. Vai ser um homem? Mulher? Vai ser humano? Vai ter braços curtos ou compridos? Vai ser estilo cartoon? Vai ser meio humano e meio animal? Enfim...desenhe o personagem que você quer fazer.

Quando eu fiz o projeto eu tinha apenas interesse no esqueleto e fiz baseado em um esqueleto humano padrão. No decorrer do processo fui pensando nas etapas seguintes ao esqueleto e eu não queria fazer um personagem humano. Então já tente direcionar o esqueleto para fazer uma coisa que você quer ver finalizada com silicone, roupas entre outros detalhes.

Definido o personagem coloque-o no papel em tamanho natural. Se o boneco vai ter 20 cm, faça o desenho com 20 cm, se vai ter 30 cm, faça o desenho com 30 cm. Faça o desenho de frente com os braços abertos ou semi-abertos. Vai ser necessário medir tudo depois ok? Dá para usar uma régua comum. Para as peças, recomendo a compra e uso de um paquímetro para medir (tem de metal e plástico - ambos funcionam bem - diferença apenas na durabilidade).

Paquímetro

Se estiver interessado em apenas construir um esqueleto pra ver se dá pra fazer em casa, faça apenas a silhueta de um homem, sem muitos detalhes.

Passo 02 – Planeje o esqueleto

Definido e de posse do desenho do seu personagem (ou apenas da silhueta) agora é hora de planejar o esqueleto. Eu vou postar o modelo que eu fiz, mas você pode pesquisar na internet outros modelos.

Nessa etapa vamos definir onde queremos as juntas e quantas serão. Assim como na outra etapa, desenhe o esqueleto que você quer construir por cima do desenho feito na etapa anterior.

Planeje também como será o tronco do personagem e como será a ligação da parte de baixo com a parte de baixo juntamente com os braços e cabeça. Pode inventar o seu próprio modelo ou apenas seguir o modelo que fiz.

Exemplo de projeto de esqueleto

As hastes serão os “ossos” do esqueleto.

Passo 03 – Comprando o material

No projeto que fiz, usei latão como material principal, mas já tinha feito testes com alumínio e inox também. O alumínio é muito macio e deforma as esferas com a pressão do parafuso, além da haste (e chapa) mais fina que achei, ser muito grossa para fazer um boneco.

Barras de inox e latão - Respectivamente nas medidas de 3 mm, 3 mm e 4 mm

O inox seria ideal, mas é muito muito muito duro e bem mais caro. O latão é um meio termo entre os dois materiais, nem macio demais, nem duro demais e tem preço acessível. Mas um esqueleto de inox seria o top dos tops rsr (quem sabe um dia ainda faço um).

Comparativo - Inox, alumínio e latão. Respectivamente nas espessuras de 4,5, 6, 4, 3 e 2,5 mm

De forma alguma use a barra de 2,5 mm de latão. Ela quebra e enverga fácil. Não aguentaria a manipulação.

Dá para achar esses materiais em casas que vendem fios de cobre (inox, alumínio, etc), barras, tubos, chapas, telas, etc. Normalmente eles só vendem isso mas de diversos tamanhos e espessuras. A loja onde comprei era relativamente pequena, mas tinha um pouco de cada coisa. Segue o site da empresa: http://www.metalaco.com.br.

O bom foi que a loja era perto do meu serviço e vendiam em qualquer quantidade. Tem lugares que tem um pedido mínimo (ex. se vc quer latão só vendem a barra com 3 metros). Mas nessa loja era no peso então não tinha mínimo.

Exemplo de barras/chapas: no projeto foram usadas apenas - da esquerda p/ a direita as barra 2 e 5

Segue o que comprei na loja de materiais (atenção na explicação, pois abaixo tem a lista que gastei em 2 esqueletos diferentes – se for fazer apenas um, escolha o material para o esqueleto com barra de 4 mm que eu achei mais resistente, mas se quer algo menor, vá de 3 mm - mas vai ficar menos resistente).

- Barra de latão de 4 mm: 1,50 m (sugestão) – para um esqueleto nessa espessura
- Barra de latão de 3 mm: 1,50 m (sugestão) – para um esqueleto nessa espessura
- Chapa de latão de 1 cm x 1,5 mm: 1,50 m (mesma chapa para os dois esqueletos) – (sugestão)
- Barra de latão de 10 cm x 6,5 mm x 2,5 cm (mesma chapa para os dois esqueletos)  (sugestão) - Atenção: algumas medidas estão em cm e outras em mm.
- Parafusos de 2 mm + porca correspondente + arruela de pressão correspondente (os parafusos são encontrados em lojas diferentes das barras de latão): 30 unidades de cada (esse número é para fazer 02 esqueletos – se for fazer apenas um, compre metade)

Eu comprei parafusos do tipo allen, pois não achei os do tipo fenda de 2 mm. Acredito que ambos funcionariam bem.

Parafuso tipo allen de 2 mm + porca + arruela de pressão

Na quantidade sugerida acima vai sobrar material. Caso não queira ficar com muitas sobras, meça mais ou menos no desenho do esqueleto e compre um pouco a mais ok? Conte que terá algumas perdas com peças que irão entortar, quebrar ou simplesmente por que você tremeu a mão na hora.
Quando fui na loja eu não medi nada antes, apenas peguei um número razoável que daria conta do recado.

Tudo ficou por volta de R$ 50,00 (a um ano atrás), mas como eu disse, sobrou material. Você pode usar o que sobrou para fazer peças extras de tamanhos diferentes para montar um esqueleto diferente depois.

Passo 04 – Confeccionando as peças

04.1 – Hastes com esferas

Você vai precisar de 02 tipos de hastes: uma com uma esfera em cada ponta, e outra com uma ponta lisa e na outra uma espera. As medidas serão de acordo com o desenho feito anteriormente.

Peças com esferas duplas e esfera única

Pegue a barra de 4 mm (ou 3 mm) e corte nos tamanhos de cada osso do desenho do esqueleto. Meça o tamanho da haste já considerando inclusa a esfera. Corte tudo usando uma serra segueta, mas você pode usar uma dremel ou uma tesoura de bancada para cortar (sem dúvida a melhor opção! Usei esta opção pois estava disponível no laboratório da faculdade).





Opções para cortar: Dremel, segueta ou tesoura de bancada

Recomendo o uso de uma morsa para segurar as coisas enquanto serra ou fura. É um equipamento caro mas muito útil, e será essencial na hora de furar as chapas. Quando fiz o meu projeto, usei a morsa do laboratório da faculdade. Eu tenho uma mini morsa de bancada, mas quanto maior a morsa melhor. Caso não tiver acesso a uma, você terá que pensar em alguma forma de prender as coisas na hora de cortar e furar.

Mini morsa (imagem 1 e 2) - Morsa grande (usada no laboratório)

Depois das hastes cortadas é hora de fazer as esferas. Se o corte ficar um pouco torto, nivele com uma lima.

Para fazer as esferas, vamos precisar de uma lima com espessura de 3 mm, uma furadeiraóculos de proteção e protetor sonoro/ouvido (acredite, você vai passar muito tempo fazendo as esferas e se não usar proteção auditiva vai ter uma enorme dor de cabeça). Óculos de proteção é obrigatório! Pois voam farpas direto no rosto e se pegar no olho, já era.

Pegue uma haste e coloque na furadeira como se ela fosse uma broca. Arrume um jeito de fixar a furadeira. Aqui em casa não tive como fixar, então improvisei. Coloquei a furadeira no chão e a pressionei contra a parede com o pé. Algumas furadeiras tem aquela trava para manter ela ligada sem precisar ficar pressionando o botão de ligar.

Com a furadeira fixa ou presa de forma segura, use a lima para fazer um vão na haste. Faça o vão. Tome cuidado para não deixar fino demais. Se ficar fino a peça vai quebrar:

Se o vão ficar muito fino a peça vai quebrar durante o processo ou na manipulação

É simples: enquanto a furadeira gira a haste em alta velocidade a lima vai desbastando. Forçe a lima para baixo para aumentar o poder de desbaste. Depois de feito o vão é hora de modelar a esfera. É do mesmo jeito. Apenas incline a lima nas pontas da cabeça e vá modelando a esfera. Veja o processo no vídeo abaixo. Este processo fiz todo em casa.


O vídeo foi gentilmente cedido pelo artista Alison Lima que fez um tutorial completo de esqueleto para stop motion usando peças de um equipamento chamado lupa com garras (ver projeto 01 deste blog). Obrigada Alisson!

Faça algumas hastes com esferas nas duas pontas e deixe algumas hastes com apenas uma esfera (na hora ponta deixe liso). Veja o número necessário de acordo com o desenho feito anteriormente.

Cuidado ao encostar na peça, o metal costuma esquentar durante o processo.

Existem outros métodos para se fazer as esferas. Outro modo seria comprar esferas de metal, furar e depois solda-las em um parafuso ou mesmo na barra de latão/inox. Já vi muitos tutoriais na internet mostrando esse processo, mas eu achei o processo mostrado no vídeo bem menos trabalhoso. Rsrs digo eu isso por que eu tentei fazer este processo. Demora demais. Não recomendo apesar de ser uma alternativa.

Alternativa: furar esferas de metal e soldar em um parafuso ou barra

Segue um video que demonstra o processo de soldar esferas. A título de informação, não dá pra soldar com ferro de solda simples e solda comum (desses que a gente usa para soldar placas e peças de eletrônica). Quando fiz os testes usei solda de prata e uma máquina de solda (do laboratório da faculdade). Esses ferros de solda comuns não servem para soldar metais mais duros. Por isso o processo além de mais demorado, precisa de equipamentos e materiais mais específicos.

Processo com solda - video (a título de exemplo, existem algumas variações na internet).


04.2 – Chapas das juntas

Cada junta precisa de duas chapinhas de mais ou menos 1 cm comprimento e 0,5 cm de largura. Cada chapa tem 3 furos. O furo do meio é para o parafuso e os das pontas são para as esferas.

Medidas para uma melhor visualização

Os furos das pontas tem 3 mm e o do meio tem 2 mm. Use uma broca respectiva para cada tamanho de furo.

Precisamos de um “gabarito” para repetir os furos em várias peças. Então pegue um pedaço de chapa (pequeno – uns 2 dedos de comprimento está bom). Faça o furo do meio. Use um punção ou algo pontiagudo para marcar a chapa de modo ajudar a broca não sair do lugar enquanto fura. Depois faça um furo de cada lado do furo do meio. Eu medi no olho mesmo, mas a distância entre o furo do meio e o furo das extremidades tem mais ou menos 1 mm. Depois corte o excesso de chapa em cada ponta. Lembre que o furo do meio tem tamanho diferente dos furos das pontas.

Segue um desenho de como fazer o gabarito. Infelizmente não tirei nenhuma foto desta etapa.

Gabarito

Pronto. Você já tem o gabarito.

Agora pegue a barra e com a ajuda de um marcador (ou canetinha, etc) use o gabarito para ir marcando os furos ao longo da barra. Deixe um espaço a cada conjunto de 3 furos, pois depois vamos precisar cortar.

Com a barra toda marcada, use o punção (ou um prego) para fazer uma marca em cada furo para ajudar a broca a não sair do lugar na hora de furar. Depois de feito isso, fure toda a barra com as brocas respectivas.

Mini estação dremel para furar a chapa + mini morsa

Atenção: não corte a barra em pedacinhos para depois furar. Fure tudo, com a chapa inteira e depois de tudo furado então corte. O latão é resistente, mas um pedaço de 0,5 cm de largura,  pressionado na morsa vai envergar. A chapa inteira ajuda a distribuir a pressão que a morsa vai fazer no metal.

Pronto. Com a barra toda furada corte os pedaços em conjuntos de 3 furos. A melhor forma de cortar é usando uma tesoura de bancada (menor tempo gasto), mas dá para usar uma dremel ou uma segueta (meios mais demorados). 

Depois de tudo cortado, você pode usar uma lima grossa para arredondar as pontas e depois uma lima fina para tirar as marcas da lima anterior e deixar o metal lisinho e brilhante. Coloque a peça em uma morsa e lime, isso mesmo: peça por peça rsrs. Aqui vai muito do capricho de quem está fazendo. Já adianto que é muito difícil fazer peças exatamente iguais e/ou simétricas.

Arredondar as pontas com uma lima - peça por peça

Para fazer essa etapa, eu usei uma furadeira de torre e uma morsa (equipamentos da faculdade), mas dá pra fazer com uma furadeira comum e furar “na mão”. O maior problema de furar em casa é arrumar um modo de fixar a chapa enquanto fura (além de segurar a furadeira sem deixar que ela saia do lugar). Fiz algumas peças em casa com uma dremel e uma mini morsa. Mas demorei muito tempo fazendo. Então preferi usar os equipamentos da faculdade para economizar tempo.

Pronto. Essa é a parte mais chata do processo. Pois, no meu exemplo foram 28 chapinhas para furar, cortar e limar (para cada esqueleto!).

04.3 – Peito, cintura e pés

Agora vamos precisar de um bloco maior e mais grosso para fazer o peito e a cintura. Para essas partes a segueta é a melhor opção para cortar o latão de maior espessura. Lembrando que se o corte ficar torto use uma lima para nivelar a peça.

Para o peito (do meu projeto):

A peça do peito tem as seguintes medidas: 1 cm x 6,5 mm x 2,5 cm (mesma medida para o esqueleto de 4 ou 3 mm).

Medidas do peito

Nesta etapa podemos variar a furação dessa peça: três furos na vertical da espessura da haste (4 mm ou 3 mm) ou um furo na vertical e outro na horizontal. Ver imagem abaixo.

Veja as configurações e faça a que mais lhe agrade. Os meus fiz com os 3 furos na vertical. O furo do meio é para fazer a ligação da coluna e os das pontas para ligar os braços.

Opções de configuração para o peito

Obs importante: quando fiz o meu projeto não parei para pensar na fixação do boneco em um rig, o foco era apenas o esqueleto e se era possível construir um. Seria interessante adicionar um furo frontal no peito para fixação e manipulação durante uma animação. Mas é possível soldar uma porca no peito para fixação posterior. Porém o furo é mais interessante. Fica a dica.

Para o cintura (do meu projeto):

A peça da cintura tem as seguintes medidas: 1 cm x 6,5 mm x 2,0 cm (mesma medida para o esqueleto de 4 ou 3 mm).



Furação única: um furo na vertical e outro na horizontal (este mais próximo de uma das bordas). Vertical para a coluna e na horizontal para as pernas. 

Para os pés (do meu projeto):

Para os pés você pode usar o mesmo bloco da cintura (com as mesmas medidas). Confesso que para os pés eu não parei para pesquisar e nem pensei muito, pois o tempo da matéria na faculdade estava acabando e eu tinha que terminar outras coisas. 

Existem configurações mais interessantes para esta parte. Basta você procurar na internet que encontrará várias opções. Caso queira fazer o exemplo acima, basta fazer um furo extra na vertical para a fixação do boneco no chão depois de terminado (fixação através de parafusos).

Mesmo bloco da cintura para os pés

Ligação das hastes com o peito, cintura e pés

Para fixar as hastes que passarão por dentro destas peças podemos usar cola (tipo superbonde) ou solda. Recomendo usar solda. Pois se você não gostar da altura que colocar a haste dá pra desfazer (basta esquentar a peça que a solda se liquefaz e você pode puxar a haste), se usar superbonde já era. Colou ficou e essa cola do demônio cola muito rápido srsr. Perdi uma peça usando cola: ela secou antes que eu terminasse de ajustar a altura da haste dentro da peça.

Depois de todas as peças prontas basta montar o esqueleto. Use os parafusos (juntamente com as arruelas e porcas) para fixar as juntas nas hastes com as esferas. A arruela de pressão é ótima para ajudar a pressão em cima das juntas. Caso o parafuso comprado seja comprido basta cortar o excesso com um alicate de corte depois.

Pronto galera! Hururu! Esqueleto completinho finalizado.

Esqueletos de 3 mm e 4 mm - esquerda para a direita


Observações relevantes (e finais)

- O esqueleto é muito estável e resistente. Se cair no chão não vai quebrar (lembrando que o vão da haste não pode ficar muito fino). Rsrs mas sugiro não ficar jogando no chão para testar. Apesar da diferença ser pouca de 3 mm para 4 mm o esqueleto nesta ultima medida é bem mais resistente.

- Totalmente articulado e desmontável. Caso ache que alguma junta está ali desnecessariamente (juntas do punho, pescoço ou tornozelo por exemplo) basta retirar. Caso tenha usado solda para fixar algumas partes, basta esquentar a peça e desfazer a ligação.

- A pressão é ajustável através do parafuso.

- O esqueleto ficou fino e leve (apesar de não parecer essas qualidades são importantes).

- Fiz os esqueletos a mais de um ano e até agora nenhum sinal de ferrugem: continuam brilhantes (e não tive nenhum cuidado especial com os esqueletos).

- Tem termos de material, o custo é baixo.

- Não testei os esqueletos em uma animação. Então não sei se estão realmente funcionais. Tudo indica que sim, mas sem o teste, não dá pra afirmar.

- Não testei o comportamento do latão com outros materiais tipo silicone. Não sei como ele reage em contato com outras substancias.

Bem...é isso pessoal. Espero que ajude os interessados em construir o próprio esqueleto. O processo é simples, apenas demorado. Demorei mais ou menos 40 horas para fazer dois esqueletos (distribuídos em 2 meses: durante a semana trabalhava apenas no dia da aula - toda segunda feira - por 3 horas; o resto no tempo foram distribuídos nos domingos em casa).

A matéria na faculdade durou cerca de 4 meses (apenas um dia por semana). Levei um mês e meio pesquisando o que ia fazer e nos testes depois que decidi. Gastei metade de um mês para fazer o projeto 01 e dois meses para o projeto 02 (que foram dois esqueletos).

Qualquer outra dúvida estou à disposição. A próxima etapa agora é fazer o preenchimento do boneco e tentar animar! No mais obrigada pela visita!

10 comentários:

  1. Muito legal MESMO! Parece dar dar muito trabalho. Deu até vontade de fazer um igual, só pra decorar a estante... Mas não tenho quase nenhuma ferramenta, hahaha. Fora que não sou lá essas coisas pra trabalhos manuais... xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe.....é um processo demorado mesmo. O foda é começar....srsr depois vai mais fácil.

      Excluir
  2. Boa tarde, Regina!
    Achei o teu trabalho incrível!
    O esqueleto ficou perfeito e parece ser bem articulado.
    Gostaria de saber o custo total do esqueleto de 3mm, apenas do material de consumo? Quanto tempo levaria para montar um e quanto você faria, contando a sua mão de obra?
    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada Giuliana! Não dá para precisar exatamente o preço pois comprei várias coisas, vários materiais, tudo junto e na época não cheguei a registrar nada. Mas acredito que em termos de material um esqueleto de 3 mm não passe de R$30,00. Gastei por volta de 20-25 horas para fazer um. Sinceramente eu não saberia fazer um orçamento incluindo a mão de obra. Quando fiz a matéria na faculdade eu apenas queria saber se era possível fazer um esqueleto caseiro. Eu trabalhava de forma intermitente e não continua, por isso não sei precisar sobre o tempo e o valor da mão de obra x hora trabalhada. Vou ficar te devendo essa.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom Regina. Também tenho experimentado criar esqueletos usando mais ou menos a técnica adotada por vc. Apenas aproveito materiais de sucata, mas a técnica de construção das pesças é bem parecida. Atualmente estou me dedicando à construção de um mini torno mecânico para facilitar mais a usinagem das peças. Veja em http://ztpestudio.com.br/index.html - Não repare a simplicidade e a qualidade da fotos (foi um primeiro teste). Meu foco está na construção do mini torno / fresa.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem Américo!? Bem legal o esqueleto que tu fez! As juntas foram feitas com corrente de motocicleta/bicicleta? Tem um curta brasileiro que usou uma técnica parecida: https://www.youtube.com/watch?v=xgKw_6GjeEk
      Dá pra fazer coisas bem bacanas e animáveis! Parabéns pela iniciativa. Aqui no Brasil quase não se acha informações sobre como construir esqueletos ou mesmo compra-los prontos. Você está construindo um torno? Afff você é muito inteligente, pois é um equipamento bem complexo! srsr acho que minhas habilidades manuais atuais não me permitem chegar perto de um srsr. Vou acompanhar o site e seu progresso!

      Excluir
  5. Ola Regina , parabéns pela iniciativa e obrigado ! Irei copiar o seu projeto :) Há bastante tempo quero construir um esqueleto pra mim e como você bem disse não temos muitas informações aqui infelizmente. Trabalho com 3D há muitos anos e sou apaixonado por animação principalmente quando são misturadas as técnicas. E é essa a minha idéia !!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal! Espero que o tutorial te ajude! Se realmente fizer depois mande uma foto pra eu ver o resultado. Bem legal conhecer profissionais ou até mesmo entusiastas da área que curtem colocar a "mão na massa"! Boa sorte com seu projeto! :)

      Excluir